O espanhol Rafael Nadal manifestou-se hoje “muito feliz” por voltar a jogar ténis, depois de dois meses de paragem devido à pandemia de covid-19, que levou e adiamentos e cancelamentos no circuito profissional.

Num vídeo divulgado nas redes sociais, o número dois da hierarquia mundial aparece a treinar na sua academia, em Manacor, acompanhado pelo seu treinador, Carlos Moyà.

Numa altura em que deveria estar a defender o título de Roland Garros, cuja edição deste ano foi adiada para final de setembro devido à pandemia, Nadal garante estar “feliz”.

O espanhol, detentor de 19 títulos em torneios do ‘Grand Slam’ mostra-se satisfeito com o seu regresso e também com o dos alunos da sua academia.

Rafael Nadal disputou a última partida oficial em 01 de março, quando se impôs ao norte-americano Taylor Fritz, por 6-3 e 6-2, na final do torneio de Acapulco, tendo depois iniciado a preparação para o torneio de Indian Wells, o primeiro Masters 1000 da temporada, entretanto cancelado.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas – Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

No ténis profissional, as competições foram interrompidas em março, com o torneio de Roland Garros a ser adiado para final de setembro e o de Wimbledon a ser cancelado.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 343 mil mortos e infetou mais de 5,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.