Em junho de 2019, os tenistas alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies conquistaram o título de pares masculinos de Roland Garros. Menos de um ano depois, Krawietz revelou que está atualmente a trabalhar num supermercado em Munique, na Alemanha, enquanto durar a suspensão dos torneios de ténis.

"Estou há várias semanas a trabalhar como repositor de um supermercado com um salário de 450 euros. Reponho a mercadoria nas estantes, classifico as caixas vazias e limpo os carrinhos de compras com desinfetante", revelou Kevin Krawietz à revista alemã 'Der Spiegel'.

Em poucos meses passados de 2020, Krawietz arrecadou 80 mil euros através do ténis e é o próprio a admitir que não está a trabalhar num supermercado por necessidade financeira, mas sim para passar o tempo.

"Na minha vida dei-me ao luxo de converter o meu hobbie na minha profissão e agora quis ter um trabalho normal por um tempo e devido ao coronavírus tenho a oportunidade de fazê-lo. Levanto-me às 5 da manhã para encher as estantes do mercado quando abre. Vou de patins e é assim que me desloco em Munique", acrescentou.

Além disso, Krawietz esclareceu que não descurou o ténis e que continua a treinar entre três a quatro vezes por semana, na esperança que os circuitos da modalidade regressem à normalidade num futuro próximo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.