O tenista João Sousa, primeiro português a ostentar o estatuto de primeiro cabeça de série num torneio ATP, foi hoje eliminado na segunda ronda do torneio de São Paulo, ao perder com o norueguês Casper Rudd.

Depois de ficar isento da primeira eliminatória, o vimaranense, 38.º do ‘ranking’ mundial, caiu na terra batida da prova brasileira perante o 108.º da hierarquia em dois ‘sets’, pelos parciais de 6-3 e 6-4, em apenas uma hora e 17 minutos.

João Sousa, que também tinha caído ao primeiro encontro na variante de pares, deixa a prova sem portugueses, uma vez que Pedro Sousa, 101.º ATP, tinha perdido na eliminatória inaugural com o chileno Christian Garin, 92.º.

Rudd já tinha vencido João Sousa na segunda ronda do torneio do Rio de Janeiro, também em terra batida, numa altura em que o número um português era o tenista com melhor 'ranking' ainda em prova, pelos parciais de 6-3, 3-6 e 6-4.

À exceção do Open da Austrália, em que chegou à terceira ronda do primeiro ‘Grand Slam’ do ano, João Sousa ainda não conseguiu passar a segunda eliminatória de um torneio em 2019.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.