O tenista português João Sousa mostrou-se hoje "triste pela derrota" frente ao argentino Federico Delbonis nos quartos de final do ATP 250 de Bastad, num encontro que considerou "difícil" e disputado "em condições complicadas".

O vimaranense e 56.º colocado do ‘ranking’ mundial perdeu em dois parciais, por 6-2 e 7-5, diante Delbonis (70.º ATP), em uma hora e 19 minutos de encontro, depois de ter chegado a liderar por 4-1 na segunda partida e com dois ‘breaks’ acima.

"O Federico hoje esteve muito bem e conseguiu jogar a um nível muito alto. No primeiro ‘set’ fui um pouco infeliz e no segundo comecei muito bem, tive a vantagem de dois ‘breaks’, mas não consegui manter o bom nível do início do ‘set’. Ele jogou muito bem nos momentos importantes e daí a vitória dele. Não fiz um encontro incrível, mas lutei com o que tinha. Não joguei mal, mas ele anulou as minhas armas e conseguiu fazer um grande encontro", explicou o número um português, de 30 anos.

Eliminado da competição de singulares, João Sousa vai disputar no sábado as meias-finais da competição de pares ao lado do espanhol Pablo Carreño Busta ante os argentinos Federico Delbonis e Horácio Zeballos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.