João Sousa foi eliminado, esta quinta-feira, na segunda ronda do Masters de Roma frente a Roger Federer. O suíço acabou por vencer em dois sets, pelos parciais de 6-3 e 6-4.

Numa partida sem grande história, João Sousa (72.º do ranking) não conseguiu contrariar o peso de bola, capacidade de aceleração e o grande primeiro serviço do helvético.

Ao 6.º jogo, Federer quebrou o serviço do português e acabou por fechar a primeira partida por 6-4.

Na segunda partida, o suíço quebrou, logo a abrir, o serviço do jogador luso. Ao quarto 'match point', em outro jogo de serviço de Sousa, Federer acabou mesmo por fechar a partida por 6-4.

O primeiro encontro entre os dois teve lugar em 2014, na relva de Halle, na Alemanha, e, nessa altura, o suíço também venceu o português, mas em três sets, por 6-7 (8-10), 6-4 e 6-2.

Ainda assim, o português sai de cabeça levantada do Masters 1000 de Roma. Na próxima ronda, Federer vai encontrar o croata Borna Coric, 13.º da hierarquia, que eliminou o canadiano Felix Auger-Aliassime em três ‘sets’, com os parciais de 6-7 (4-7), 6-3 e 6-4

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.