O tenista português João Domingues vai disputar na sexta-feira os quartos de final do Estoril Open com Stefanos Tsitispas, um adversário que o seu treinador brasileiro Larri Passos considera não ser “nenhum Djokovic ou Nadal”.

“O João precisa de acreditar que tem condições de vencer. Acho que cada um deles tem 50 por cento de chances de ganhar. Ele tem que entrar bem taticamente e acreditar, até porque o Tsitsipas não é nenhum Djokovic ou Nadal”, afirmou, em declarações à agência Lusa.

O encontro referente aos quartos de final frente ao jovem grego, que figura no 10.º lugar da hierarquia ATP, está agendado para sexta-feira no ‘court’ central, a partir das 13:00, e Passos garante que o jogador de Oliveira de Azeméis, 214.º classificado no ‘ranking’ mundial, está preparado para tentar a qualificação inédita para as meias-finais no Clube de Ténis do Estoril.

“No final do treino de hoje perguntei-lhe como estava a sentir a direita. Ele disse que estava bem e a ‘spinar’ bem. Questionei sobre a esquerda e ele respondeu que estava muito boa e a conseguir mudar bem a direção. Deu-me cinco aspetos positivos em menos de 10 segundos, o que é um ótimo sinal. Agora só precisa de acreditar”, revelou o treinador que conduziu Gustavo Kuerten ao topo do ‘ranking’ mundial, após a vitória deste diante André Agassi na Masters Cup em Lisboa, em 2000.

Larri Passos integrou esta semana a equipa técnica do número três nacional, constituída por André Podalka, João Antunes e Danyal Sualehe e o preparador físico João Peralta.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.