O tenista português João Domingues, de 25 anos, carrega hoje as esperanças do ténis nacional poder continuar em ação nesta edição do Estoril Open, ao enfrentar o grego Stefanos Tsitsipas, primeiro cabeça de série do torneio.

Num embate agendado para o ‘court’ central do Clube de Ténis do Estoril, a partir das 13:00, o tenista natural de Oliveira de Azeméis, que se estreia na disputa de uns quartos de final de um torneio do circuito ATP, vai já efetuar o quinto encontro na prova, depois de superar o sueco Elias Ymer e o italiano Filippo Baldi no ‘qualifying’ e os australianos Alex de Minaur e John Millman na primeira ronda e oitavos de final, respetivamente.

João Domingues, número 214 do ‘ranking’, ficou com a missão ‘solitária’ da representação portuguesa, depois de o torneio ter assistido na quinta-feira à eliminação do campeão João Sousa aos pés de David Goffin, quarto pré-designado, pelos parciais de 6-3 e 6-2, num encontro referente à segunda ronda, com o belga a medir agora forças com o tunisino Malek Jaziri.

Para hoje, estão também reservados os outros encontros dos quartos de final, com destaque para o jogo do francês Gael Monfils, terceiro cabeça de série e 18.º da hierarquia mundial, que, depois de afastar na estreia o norte-americano Reilly Opelka, disputa a partir das 18:00 o acesso às meias-finais com o ‘qualifier’ espanhol Alejandro Davidovich Fokina.

A jornada de singulares fica fechada com a partida entre o uruguaio Pablo Cuevas, que chega a esta fase como ‘lucky loser’, e o norte-americano Frances Tiafoe, vice-campeão de 2018 e oitavo cabeça de série, que sofreu para superar o japonês Yoshihito Nishioka na ronda noturna de quinta-feira, naquele que foi o embate mais longo deste torneio, com duas horas e 25 minutos.

Por fim, realiza-se ainda primeira meia-final da variante de pares, que opõe no ‘court’ Cascais, após as 16:00, os britânicos Luke Bambridge e Jonny O’Mara aos espanhóis Gerard Granollers e Marc Lopez.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.