O tenista sérvio Novak Djokovic, número um mundial e primeiro pré-designado, foi hoje eliminado nos quartos de final do Masters 1.000 de Monte Carlo pelo russo Daniil Medvedev, 14º do ranking, pelos parciais de 6-3, 4-6 e 6-2.

Numa partida muito condicionada pelo vento, Medvedev, 10.º cabeça de série do torneio monegasco em terra batida, precisou de duas horas e 20 minutos para vencer Djokovic pela primeira vez na carreira, depois de três derrotas frente ao sérvio.

Nas meias-finais da prova, Medvedev vai defrontar outro tenista sérvio, Dusan Lajovic, 48º classificado do ranking mundial, que hoje bateu nos quartos de final o italiano Lorenzo Sonego, pelos parciais de 6-4 e 7-5.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.