A tenista australiana Ashleigh Barty, líder do 'ranking' mundial, anunciou hoje que vai estar ausente do Open dos Estados Unidos, por não se sentir confortável para viajar devido à covid-19.

O Open dos Estados Unidos, quarto torneio do 'Grand Slam' da temporada, vai ser disputado de 31 de agosto a 13 de setembro e já vários tenistas revelaram a sua vontade de não participar na prova, embora Barty, de 24 anos, seja o nome mais sonante entre os desistentes.

Vencedora de Roland Garros em 2019, Barty adiou para "as próximas semanas" a decisão sobre a defesa do troféu alcançado no 'major' parisiense, que deveria ser jogado do final de maio, mas vai ser disputado apenas em setembro.

O circuito feminino WTA está suspenso desde meados de março, devido à pandemia de covid-19, devendo ser retomado em agosto.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.