Após meio ano de paragem, Andy Murray regressou à competição e foi um dos vencedores do quadro de pares em Queen's. Na coluna de opinião que assina na BBC, o tenista britânico recordou um episódio marcante que viveu com José Mourinho no torneio inglês.

"Mourinho é um grande fã de ténis, já nos encontrámos algumas vezes e ele já veio a Queen's em mais do que uma ocasião", começou por dizer Andy Murray recordando de seguida o encontro entre ambos, em 2014.

"Uma vez encontrei-o depois de perder com Roger Federer no ATP World Tour Finals, na O2 Arena, em 2014. Perdi por 6-0, 6-1 e estava a perder por 5-0. Fui completamente arrasado. Quando estava a ir para o balneário vi o José e ele chegou à minha beira e abraçou-me. Só um grande abraço, sem palavras", confidenciou o atleta.

Murray admitiu ter ficado sensibilizado com o momento: "Foi bom, porque nestas situações as pessoas tentam encontrar palavras e, muitas vezes, isso não funciona Ele não precisou de falar porque ficou com pena de mim e queria demonstrar isso. Por isso foi ótimo revê-lo em Queen's e ter tido a oportunidade de falar com ele, especialmente sobre futebol."

O tenista escocês, vencedor de três torneios do 'Grand Slam' em singulares, fez o seu regresso na passada quinta-feira, seis meses depois de ter sido operado à anca.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.