O português Nic von Rupp terminou entre os nonos classificados na etapa de Jaws do Mundial de Surf em ondas gigantes, ao ser eliminado nas meias-finais da prova havaiana.

Nic von Rupp somou 5,16 pontos na primeira bateria das meias-finais, com a quinta pontuação entre os seis semifinalistas, correspondente ao nono lugar.

Já Alex Botelho, sem qualquer onda surfada, e João de Macedo, com 4,33, não superaram a primeira ronda e terminaram ambos nos 21.ºs lugares da prova, com os sextos e últimos lugares de cada um dos ‘heats’ da primeira ronda.

Na segunda bateria, em que participou Botelho, Von Rupp conseguiu o terceiro lugar, com seis pontos, atrás dos havaianos Kai Lenny (9,4) e Ian Walsh (8,4).

Billy Kemper, campeão do mundo em 2017, foi o vencedor do campeonato, numa final disputada por cinco havaianos e pelo brasileiro Lucas Chumbo, que terminou no sexto e último lugar da bateria decisiva.

O Mundial de surf em ondas gigantes tem uma outra etapa, prevista para a Praia do Norte, na Nazaré, onde o período de espera, que já decorre, se prolonga até 31 de março de 2020.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.