O havaiano Kay Lenny obteve hoje a melhor classificação nas meias-finais do Nazaré Challenge, do circuito mundial de ondas gigantes da World Surf League (WSL), cuja final se disputa hoje na Praia do Norte, sem portugueses na competição.

Kay Lenny, com 18,70 pontos, conseguiu a melhor classificação dos dois ‘heats’ das meias-finais, disputadas hoje na Praia do Norte, na Nazaré.

A segunda bateria da manhã apurou ainda para a final o basco Natxo Gonzalez, com 17,69 pontos, e o sul-africano Grant Baker, com 16,99.

A competir na segunda bateria da semifinal esteve Nic Von Rupp, que se classificou em quatro lugar, ficando assim afastado da competição, tal como já havia acontecido, na primeira bateria, com Alex Botelho.

No primeiro ‘heat’ das meias-finais apuraram-se Lucas Chianca, brasileiro que obteve 14,91 pontos, e os havaianos Billy Kemper e Nathan Florence, respetivamente com 13,17 e 13,13 pontos.

O segundo dia de competições, depois de no sábado a prova ter sido suspensa devido às más condições climatéricas, ficou ainda marcado pelo afastamento do português António Silva que não conseguiu sequer o apuramento para a meia-final.

“Um dia mau”, admitiu o surfista à Lusa, lamentando ter competido “com ondas muito pequenas para este tipo de competição”, o que considerou ser “desagradável para os atletas e para o público”.

A terceira etapa da temporada do circuito mundial de ondas gigantes da World Surf League (WSL), liderado pelo havaiano Kai Lenny, acontece pela segunda vez na Nazaré, depois de a primeira competição ter sido disputada na Praia do Norte a 20 de dezembro de 2016.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.