A vitória do piloto da Ducati, Andrea Dovizioso, no GP do Qatar de passado domingo, está envolto em polémica pela utilização de uma peça aerodinâmica na sua moto. Quatro construtores - Aprilia, KTM, Honda e Suzuki -  apresentarem queixa aos fiscais da FIM , que rejeitaram a denúncia "com base nas linha mestras e regulamentos correntemente em vigor".

A queixa refere-se à utilização de um spoiler traseiro, que teria a função de arrefecer o pneu da moto do piloto italiano.

Os queixosos recorreram à segunda instância, a Stewart Higgs, Comissário de Recursos da Federação Internacional de Motociclismo, que encaminhou o assunto ao colegiado, na Suíça.

Ao longo das 22 voltas da corrida, Miguel Oliveira mostrou ter ritmo para lutar por um lugar perto dos dez primeiros classificados.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.