O piloto francês Romain Grosjean foi hoje suspenso por uma prova, após o espetacular acidente que protagonizou no arranque do Grande Prémio da Bélgica de fórmula 1, em Spa-Francorchamps.
O acidente provocou as desistências do líder do campeonato, o espanhol Fernando Alonso (Ferrari), do britânico Lewis Hamilton (McLaren-Mercedes) e do mexicano Sérgio Perez (Sauber), mas não causou ferimentos nos pilotos.
Grosjean procurou uma nesga antes de atacar a primeira curva do circuito no final da reta de largada, abalroando o carro de Hamilton, com o francês a “voar” de encontro de Alonso, que, por sua vez, atingiu o bólide de Perez.
A FIA (Federação Internacional do Automóvel) castigou Grosjean por considerar que o acidente «poderia potencialmente provocar ferimentos a outros».

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.