O português Miguel Oliveira (KTM) lamentou hoje que uma escolha errada de pneus o tivesse deixado apenas no 16.º lugar da grelha de partida para o Grande Prémio de França de MotoGP.

Numa sessão marcada pelas constantes alterações meteorológicas, o piloto português arriscou na utilização de pneus slicks (lisos), que não se revelaram, contudo, como a melhor opção.

"O tempo esteve bastante estranho. Não sabíamos que pneu usar. Depois de duas voltas, decidi arriscar e usar o ‘slick’ mas não consegui colocá-lo à temperatura ideal e sofri uma queda. Foi uma pena pois julgo que com o pneu de chuva teria feito melhor tempo", explicou o piloto de Almada.

Com o registo de 1.40,385 minutos, o piloto da KTM ficou na 16.º posição da grelha, o segundo melhor resultado da temporada.

Com as previsões a apontarem para o mesmo tipo de condições meteorológicas para a corrida de domingo, Miguel Oliveira diz acreditar num bom resultado.

"É uma boa indicação para fazer uma corrida decente", sublinhou.

Esta foi a primeira "experiência [com a KTM de MotoGP] numa pista molhada" do piloto português, que a considerou "bastante positiva".

O espanhol Marc Marquez (Honda), que rodou em 1.40,952 minutos na última fase de qualificação, garantiu o primeiro lugar da grelha de partida, tendo igualado as 55 'pole positions' do italiano Valentino Rossi e ficado a somente três do recorde do australiano Mick Doohan.

O Grande Prémio de França de MotoGP, quinta prova do Campeonato do Mundo, disputa-se no domingo, no circuito Bugatti de Le Mans.

Miguel Oliveira ocupa, atualmente, a 17.ª posição do campeonato, com sete pontos conquistados.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.