O espanhol Marc Márquez (Honda) bateu hoje mais uma série de recordes ao conquistar o oitavo título mundial da sua carreira, sexto na categoria rainha, depois de vencer o Grande Prémio da Tailândia de MotoGP.

O piloto espanhol tornou-se, aos 26 anos, no mais jovem de sempre a conquistar seis títulos mundiais na classe principal, pois os italianos Valentino Rossi (tem sete) e Giacomo Agostini (tem oito) conseguiram-no apenas aos 29 anos.

É, também, o mais novo a chegar aos oito títulos mundiais, superando os 29 de Rossi, os 28 de Agostini, os 30 de Angel Nieto, os 27 de Mike Hailwood e os 30 de Carlo Ubbiali.

Ao longo de uma temporada histórica, em que já leva nove vitórias e cinco segundos lugares em 15 corridas (desistiu apenas na terceira ronda, o GP das Américas), tornou-se, ainda, no piloto espanhol com mais vitórias em MotoGP, ultrapassou os três mil pontos no Mundial (marca atingida no GP de Itália), os dois mil pontos na categoria rainha (GP da Holanda) e as 50 voltas rápidas em MotoGP (GP da Alemanha).

Igualou, também, Valentino Rossi com sete vitórias em sete participações num mesmo circuito (Sachsenring, na Alemanha), tendo dez vitórias consecutivas no GP da Alemanha.

Superou Rossi e Agostini ao ganhar, no mínimo, cinco Grandes Prémios em sete temporadas consecutivas na classe rainha.

Tornou-se no primeiro piloto da história a conseguir um mínimo de cinco vitórias durante dez temporadas consecutivas em todas as classes.

Este ano atingiu, ainda, a 50.ª vitória em MotoGP (República Checa), sendo já o piloto com mais ‘pole positions’ em MotoGP (61), superando as 58 de Mick Doohan, e o corredor com mais ‘poles’ nas três categorias (89).

Foi, também, o mais jovem de sempre a atingir a marca dos 200 Grandes Prémios no Mundial.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.