Um erro do italiano Gabriele Tarquini (Hyundai) deixou o português Tiago Monteiro (Honda) preso no muro do Circuito Internacional de Vila Real, estragando a corrida do português, que caiu de nono para o 25.º lugar.

O incidente aconteceu na quinta das 11 voltas previstas para a primeira corrida das três integrantes nesta etapa da Taça do Mundo de Carros de Turismo (WTCR), numa altura em que o piloto português já tinha recuperado do 14.º posto do qual partira até à nona posição.

Apesar de se ter qualificado no 15.º lugar, a penalização do britânico Gordon Shedder (Audi) permitiu ao luso subir uma posição na grelha.

Tiago Monteiro continuou em prova, terminando na 23.ª posição, a 40,051 segundos do vencedor, o húngaro Norbert Michelisz (Hyundai), que partira da 'pole position'.

O francês Yan Ehrlacher (Lynk & Co) foi o segundo classificado, a 2,291 segundos do vencedor.

O argentino Esteba Guerrieri (Honda), líder do campeonato, foi apenas 24.º classificado, depois de sofrer problemas no motor do seu Civic.

Com estes resultados, Guerrieri manteve os 215 pontos com que partiu para Vila Real, mas viu Michelisz aproximar-se, estando na segunda posição do campeonato com 200 pontos.

Tiago Monteiro é 25.º e penúltimo classificado, com 23 pontos.

No domingo, disputam-se mais duas corridas da etapa portuguesa da Taça do Mundo de Carros de Turismo (WTCR), no Circuito Internacional de Vila Real.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.