As Seis Horas de Spa-Francorchamps, sétima prova do Mundial de Resistência, que deveria contar com a participação dos pilotos portugueses Filipe Albuquerque e António Félix da Costa, foi adiada devido à pandemia de Covid-19.

A prova belga do campeonato organizado pela Federação Internacional do Automóvel (FIA) estava marcada para o período entre 23 e 25 de abril.

A federação belga, o promotor do campeonato e os responsáveis do circuito estão a trabalhar ainda para encontrar uma nova data para a realização do evento.

Esta foi a segunda prova do Mundial de Resistência a ser afetada pela pandemia do novo coronavírus, depois do adiamento das 12 Horas de Sebring, nos Estados Unidos, para novembro.

O português Filipe Albuquerque é, atualmente, o líder da classificação da categoria de LMP2, após cinco provas disputadas.

O novo coronavírus responsável pela pandemia de Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 6.400 mortos em todo o mundo.

O número de infetados ronda as 164 mil pessoas, com casos registados em pelo menos 141 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 245 casos confirmados. Do total de infetados, mais de 75 mil recuperaram.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.