Alexandre Ré (VW Amarok) venceu hoje a Baja Capital dos Vinhos de Portugal, terceira ronda do Nacional de todo o terreno, que se disputou na localidade alentejana de Reguengos de Monsaraz.

O piloto, navegado pelo irmão Pedro, foi o mais rápido no final dos dois dias de prova e dilatou a vantagem na liderança do campeonato, aproveitando os problemas sentidos pelos principais adversários.

Nuno Matos (Fiat Fullback Proto), vencedor da prova de abertura, despistou-se ainda no prólogo, enquanto João Ramos (Toyota Hylux) partiu a transmissão hoje, depois de um furo lhe ter roubado a liderança da prova logo de manhã.

A dupla Tiago Reis/Valter Cardoso (Mitsubishi Racing Lancer), que herdou o comando, partiu o turbo a 40 quilómetros do final, caindo para a segunda posição final.

Desta forma, foram os irmãos Ré a cortar a meta no primeiro lugar.

"Estou especialmente contente pela vitória porque a corrida não começou da melhor maneira, mas terminou muito bem. Hoje arrancámos com alguma prudência. No final as coisas correram melhor e acabámos por ganhar a prova", disse o piloto, em comunicado de imprensa.

Esta foi a primeira vitória para Alexandre Ré, que, apesar de liderar o campeonato, ainda não tem garantido o orçamento para completar a temporada.

"Inicialmente não era suposto fazer toda a temporada, mas neste momento é já um objetivo tentar cumprir o restante campeonato", referiu o piloto no final da prova.

Em terceiro ficou Miguel Casaca, noutro Mitsubishi Racing Lancer.

Nas motas, a vitória sorriu ao luso-alemão Sebastian Bühler (Husqvarna). Em segundo ligar ficou o alentejano António Maio (Yamaha), que se estreou na edição de 2019 do Nacional de TT depois de ter participado no Rali Dakar.

Roberto Borrego (Yamaha) venceu nos quads, com 3.44 minutos de vantagem sobre Luís Engeitado (Yamaha), apesar de ainda ter parado no percurso para socorrer outro concorrente acidentado. "No final a organização repôs o tempo que eu perdi e foi possível alcançar a vitória aqui em Reguengos", contou o piloto de Portalegre.

Nos SSV, a vitória foi para Cristiano Batista (Can Am).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.