Quinze anos depois da estreia, a Red Bull Air Race World Championship regressa no próximo fim de semana à Áustria com um estatuto consolidado. Reconhecido pela Federação Internacional de Aeronáutica como o único Campeonato do Mundo de Corridas Aéreas, a competição vive um momento de particular emoção, com três pilotos a lutar com todas as suas forças pela conquista do título de 2018.

É um autêntico regresso às origens da competição, que nasceu em 2003 na Áustria, mais concretamente na pista de Zeltweg. Década e meia depois, a Red Bull Air Race World Championship volta a casa para mostrar toda a sua evolução.

Reconhecida pela Federação Internacional de Aeronáutica como o único Campeonato do Mundo de Corridas Aéreas, a competição não tem parado de evoluir, reunindo sempre os melhores pilotos do planeta. O crescimento da modalidade foi sustentado e incluiu a criação de uma nova classe de promoção – a Challenger Class – criando assim as bases para a próxima geração de ases dos céus. Entre estes encontra-se a gaulesa Melanie Astles, a primeira mulher a marcar presença regular num ambiente tradicionalmente masculino.

A herança história marca sem dúvida esta passagem pela Áustria. Por isso, a organização apostou numa nova localização plena de significado.

– Wiener Neustadt – um dos berços da aviação europeia, com uma pista que foi aberta em 1909. Esta é a primeira etapa deste ano onde o percurso é montado em terra, o que representa um desafio adicional para os pilotos e, ao mesmo tempo, um brinde para o público: desta vez a corrida começa logo no momento da descolagem.

Em termos competitivos, a luta pelo título está mais intensa do que nunca. O norte-americano Michael Goulian está no comando da Master Class a fazer a sua melhor época de sempre, mas não pode ainda relaxar, uma vez que a margem para os seus perseguidores é ainda escassa. O checo Martin Sonka e o australiano Matt Hall estão a apenas seis pontos, o que faz antever uma corrida de nervos. Já na Challenger Class, há dois pilotos empatados no topo da tabela – o polaco Luke Czepiela e o alemão Florian Berger.

Esta corrida pode ser acompanha em direto na página oficial da competição, em www.redbullairrace.com, com as qualificações a decorrem no sábado (15 setembro) e as finais no domingo (16 setembro).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.