O presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou que vai condecorar o golfista Tiger Woods, que no domingo venceu o 15.º Grand Slam da sua carreira, com a mais alta condecoração civil dos Estados Unidos (EUA).

"Falei com Tiger Woods para lhe dar os parabéns pela sua excelente vitória de ontem [domingo] no Master [de Augusta (EUA)]", revelou Trump através do Twitter, acrescentando que lhe vai conceder a Medalha Presidencial da Liberdade devido aos seus "incríveis sucessos [no golfe] e pelo seu regresso [à competição], e, mais importante, na vida".

O golfista norte-americano Tiger Woods esteve durante 11 anos sem vencer um dos quatro principais torneios de golfe a nível mundial, tendo sido submetido a quatro operações e enfrentado vários problemas extradesportivos, mas no domingo voltou às grandes vitórias e Trump, grande entusiasta da modalidade e proprietário de vários campos de golfe, decidiu atribuir-lhe esta condecoração.

Logo no domingo, após a vitória de Woods no Master de Augusta, o líder dos EUA tinha dado os parabéns a Tiger Woods também através do Twitter: "Regressar e vencer o Master depois de todos os altos e baixos é um símbolo de excelência, de coragem e de determinação.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.