O número um mundial de badminton, Kento Momota, poderá ficar fora de competição durante dois meses devido a ferimentos sofridos num acidente de viação, ocorrido na segunda-feira, em Kuala Lumpur, anunciou hoje a federação japonesa da modalidade.

“Esperemos que ele dê o seu melhor na recuperação, sem pressa e sem impaciência”, afirmou o secretário-geral da federação, Kinji Zeniya, manifestando a esperança de que o jogador esteja apto para o Open de Inglaterra, que começa em 11 de março.

Momota, um dos grandes favoritos à conquista do ouro nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, está hospitalizado em Kuala Lumpur, na Malásia, e deverá regressar na quarta-feira ao Japão.

O responsável da federação esclareceu que o atleta sofreu cortes e queimaduras em várias partes do corpo, desmentindo as informações, veiculadas na segunda-feira, de que Momota teria partido o nariz e o queixo.

O acidente, que causou a morte do motorista e causou ferimentos ligeiros ao treinador adjunto e ao fisioterapeuta, deu-se poucas horas depois de ter vencido o Masters da Malásia.

Momota, de 25 anos, teve uma temporada de 2019 plena de êxitos, na qual conquistou um recorde de 11 títulos, incluindo o Campeonato do Mundo e os Campeonatos da Ásia. No seu palmarés só falta o ouro olímpico.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.