Hermano Ferreira e Catarina Ribeiro foram hoje os melhores portugueses na 20.ª edição da meia maratona de Lisboa e mostraram-se felizes pelos resultados conseguidos, numa prova em que foram estabelecidos recordes em masculinos e femininos.

“Foi muito bom voltar a esta prova, a este percurso. Foi uma prova dura, em que tivemos o vento pela frente, algum calor e tive de fazer 20 quilómetros sozinhos depois de ter ficado para trás do grupo dos atletas africanos. Ainda assim, estou satisfeito pela marca conseguida e dá-me força para os objetivos que aí vem”, disse o atleta do Casaense, que acabou os 21 quilómetros em 1:05.56.

Já Catarina Ribeiro, que fez o tempo de 1:11.36 horas e foi a melhor portuguesa no percurso desenhado entre o Parque das Nações e a Praça do Comércio, revelou-se surpreendida pelo ritmo que conseguiu.

“Foi a primeira vez que participei nesta prova e fico contente pela marca alcançada, sobretudo pela altura da época em que estamos”, disse a atleta do Sporting.

A meia maratona de Lisboa teve como vencedores os quenianos Titus Ekiru, que estabeleceu um recorde de 1:00.12 horas na prova masculina, e Peres Jepchirchir, com fixou a melhor marca da corrida feminina em 1:01.54.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.