A Federação Cabo-verdiana de Xadrez estabeleceu uma parceria com a Chess.com de forma a que os xadrezistas cabo-verdianos possam ficar em casa e jogar xadrez durante o estado de emergência face a pandemia da covid-19.

Em comunicado oficial enviado à Inforpress, a federação nacional da modalidade esclarece que “foi assim criado, naquela plataforma, com o clube oficial da Federação Cabo-verdiana de Xadrez, único reconhecido oficialmente por ambas as partes”.

Sob o lema “Eu fico em casa. Jogo xadrez!”, pretende-se com esta iniciativa “fornecer uma comunidade aberta para os jogadores cabo-verdianos se conectarem, jogarem e discutirem xadrez”, nesta plataforma Chess.com no qual os visitantes do ‘site’ podem jogar ao vivo no seu servidor de xadrez e em jogos por estilo de correspondência.

Podem também jogar contra máquinas de xadrez (xadrez por computador) e participar em jogos de votação, nos quais os jogadores formam equipas e votam na melhor jogada.

Recursos adicionais, alguns pagos, incluem treinamento táctico, fóruns de xadrez, artigos, notícias de xadrez, ‘downloads’, bancos de dados abertos, grupos, transmissões ao vivo, quebra-cabeças diários, partidas de equipas, treinamento on-line e um banco de dados de jogos de mais de dois milhões de jogos, explicitou a fonte.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.