O Sporting, mesmo com 'segundas' escolhas, terminou hoje a fase de grupo da Liga Europeia de hóquei em patins com uma goleada frente ao Germania Herrigen, por 10-2, num encontro da sexta jornada do Grupo B.

Com o apuramento já assegurado para os quartos de final, o treinador Paulo Freitas já tinha adiantado que iria prescindir dos habituais titulares, como Pedro Gil, Matias Platero, Ângelo Girão, Ferrant Font, João Pinto e Henrique Magalhães, e dar oportunidade a jogadores da formação.

Sem nenhum ponto somado, o conjunto alemão ainda deu alguma luta e tentou mostrar que poderia discutir o resultado, chegando ao intervalo a perder apenas por 3-2. Contudo, o Sporting dilatou a vantagem no segundo tempo e confirmou os 16 pontos no grupo.

Os campeões nacionais preferiram não colocar uma intensidade muito alta no desafio, jogando a um ritmo que permitisse vencer sem números muitos expressivos, algo que acabou por acontecer no segundo tempo, face à quebra do adversário, depois de ter respondido com eficácia, por duas vezes, aos golos do Sporting.

Na segunda parte, os 'leões' aceleravam ligeiramente e distanciaram-se facilmente no marcador, com Vítor Hugo a ser o atleta em maior evidência na partida, ao apontar três tentos.

Jogo no Pavilhão João Rocha, em Lisboa.

Sporting -- Germania Herrigen, 10-2.

Ao intervalo: 3-2.

Marcadores:

1-0, Toni Pérez, 08 minutos.

1-1, Karschau, 12.

2-1, Toni Pérez, 18.

2-2, Brandt, 19.

3-2, Vítor Hugo, 23.

4-2, Caio, 30.

5-2, Caio, 33.

6-2, Raúl Martin, 35.

7-2, Vítor Hugo, 36.

8-2, Vítor Hugo, 40.

9-2, João Pereira, 48.

10-2, João Pereira, 50.

Sob a arbitragem dos italianos Alessandro Ecclesi e Filippo Fronte, as equipas alinharam:

- Sporting: Zé Diogo, Toni Pérez, Vítor Hugo, Raúl Martin e Caio. Jogaram ainda João Pereira, Facundo Navarro e Tiago Freitas.

Treinador: Paulo Freitas.

- Germania Herringen: Tegethoff, Hages, Rindfleisch, Schoulz e Karschau.

Treinador: Christian Zarod.

Assistência: 828 espetadores.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.