O FC Porto venceu a Oliveirense por 6-5, na 19.ª jornada do Nacional de hóquei em patins, um resultado que vale aos 'dragões' a liderança partilhada com o Sporting e deixa os visitantes a dois pontos dos rivais.

Rafa deu o melhor início aos locais, marcando três golos de rajada, aos dois, cinco e sete minutos, assim como Reinaldo Garcia, que também marcou (09) colocando um parcial de 4-0 nos minutos iniciais, com Emanuel Garcia a responder para os visitantes (24).

No segundo tempo, Marc Torra deu início à reviravolta (27), Jorge Silva continuou (36), o 'capitão' portista, Hélder Nunes, colocou um 'travão' (37), mas não conseguiu impedir o empate que acabaria por surgir, com o golo de Ricardo Barreiros (38) e o 'bis' de Torra (42), sendo novamente Hélder Nunes a colocar o FC Porto no topo da tabela, com um tento aos 48 minutos.

Ainda a Oliveirense procurava a melhor maneira de entrar em campo e Rafa já tinha assinado um 'hat-trick', primeiro em contra-ataque, depois aproveitando a confusão de Puigbi num ressalto e, finalmente, desviando para a baliza depois de um bom passe de Hélder Nunes.

O quarto golo dos 'dragões' surgiu à 'bomba', por intermédio de Reinaldo Garcia, enquanto a Oliveirense só conseguiu reduzir perto do intervalo, numa rápida transição finalizada por Emanuel Garcia, no frente-a-frente com Filipe Magalhães.

No regresso dos balneários, Marc Torra, em contra-ataque, surgiu na cara do guarda-redes portista e picou por cima do corpo, diminuindo a desvantagem, e Hélder Nunes desperdiçou um livre direto que poderia aumentar a diferença a favor do FC Porto.

Desperdício de um lado, concretização do outro, graças ao desvio certeiro de Jorge Silva, que colocou os unionistas a um golo de distância, mas, no minuto seguinte, um cartão azul para o mesmo jogador deu nova oportunidade ao 'capitão' portista, que desta vez não falhou.

Um minuto volvido, numa grande penalidade a favor da Oliveirense, Ricardo Barreiros bateu contra Filipe Magalhães, mas na recarga marcou, enquanto uma bola parada a castigar a 10.ª falta dos 'dragões', colocou o 5-5 no 'stick' de Marc Torra e o espanhol não perdoou.

Com a igualdade no marcador, e a dois minutos do fim, houve novo livre direto, e Hélder Nunes, desta vez rematou ao ângulo para a fazer o golo da vitória. No minuto seguinte, após segundo cartão azul para Jorge Silva, Puigbi ainda evitou outro tento portista.

Jogo realizado no Dragão Caixa, no Porto.

FC Porto -- Oliveirense: 6-5.

Ao intervalo: 4-1.

Marcadores:

1-0, Rafa, aos 02 minutos.

2-0, Rafa, 05.

3-0, Rafa, 07.

4-0, Reinaldo Garcia, 09.

4-1, Emanuel Garcia, 24.

4-2, Marc Torra, 27.

4-3, Jorge Silva, 36.

5-3, Hélder Nunes, 37.

5-4, Ricardo Barreiros, 38.

5-5, Marc Torra, 42.

6-5, Hélder Nunes, 48.

Equipas:

- FC Porto: Filipe Magalhães, Rafa, Reinaldo Garcia, Gonçalo Alves e Hélder Nunes. Jogaram ainda: Telmo Pinto, Giulio Cocco e Poka.

Treinador: Guillem Cabestany.

- Oliveirense: Xavier Puigbi, Marc Torra, Jordi Bargallo, Jorge Silva e Ricardo Barreiros. Jogaram ainda: Xavier Barroso, Pedro Moreira e Emanuel Garcia.

Treinador: Renato Garrido.

Árbitros: Rui Torres e José Pinto.

Ação disciplinar: cartão azul para Jorge Silva (37 e 49).

Assistência: cerca de 2.000 espetadores.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.