O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Patinagem (FPP) interditou o Pavilhão da Luz por dois jogos, na sequência de incidentes que aconteceram durante o dérbi com o Sporting no passado mês de janeiro. O Benfica, que segundo avançada esta manhã o jornal 'A Bola', estaria mesmo a ponderar abandonar a modalidade, reagiu na tarde de sexta-feira no seu site oficial, na publicação News Benfica. Na mesma, os 'encarnados' acusam a Federação de "subserviência" e de "provocação".

"O sentido persecutório vem em linha com tudo o que se tem passado nestes últimos anos nesta modalidade", escrevem as 'águias', relembrando outras questões às quais se referiram nas últimas semanas.

"Campeonatos falseados e total dualidade de critérios em arbitragens sucessivas levam a que a cada dia que passa ninguém leve a sério uma competição viciada na sua verdade desportiva", são algumas das duras acusações que se podem ler na publicação.

Na mesma publicação o Benfica chega mesmo a afirmar que a FPP terá um prazer especial em tomar decisões contra o clube Uma Federação que faz gáudio da sua provocação ao SLB, com uma reconhecida subserviência a outros", aponta a formação da Luz.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.