O italiano Francesco Molinari, os australianos Jason Day e Adam Scott, o norte-americano Brooks Koepka e o sul-africano Louis Oosthuizen lideram o Masters de golfe após a segunda volta, em Augusta, nos Estados Unidos.

Os cinco golfistas seguem todos com 137 pancadas, sete abaixo do par, perseguidos a uma pancada por um quarteto, que inclui o norte-americano Tiger Woods, em busca do seu 15.º ‘major’ e primeiro em mais de uma década, desde 2008.

“Fiz uma volta sólida. Falhei alguns ‘putts’ mais curtos, mas marquei outros mais longos, o que compensou”, afirmou Tiger Woods, que já ganhou no Augusta National Golf Club por quatro vezes, em 1997, 2001, 2002 e 2005.

O golfista, de 43 anos, também venceu três vezes o Open dos Estados Unidos (2000, 2002 e 2008), três o The Open (2000, 2005 e 2006) e quatro o PGA Champioship (1999, 2000, 2006 e 2007).

O norte-americano fez 68 pancadas (quatro abaixo do par) no segundo dia do primeiro ‘major’ do ano - depois de marcar 70 (duas abaixo) no primeiro -, ao somar seis ‘birdies’ (uma pancada abaixo do par) e dois ‘bogeys’ (uma acima).

Tiger Woods está na corrida, mas, a meio da prova, tem cinco jogadores à sua frente, sendo que, desse quinteto, Oosthuizen foi o melhor do dia, com 66 pancadas (seis abaixo do par), contra 67 (cinco abaixo) de Molinari e Day e 68 (quatro abaixo) de Scott.

Koepka, que partilhava a liderança no final do primeiro dia, ficou-se pelas 71 pancadas (uma abaixo do par), mas, ainda assim, fez bem melhor do que o compatriota Bryson DeChambeau, que caiu do primeiro para o 16.º posto, com 141 (três abaixo), ao somar 75 (três acima) na ronda de sexta-feira.

Os norte-americanos Dustin Johnson e Xander Schauffele e o sul-africano Justin Harding, que seguem empatados com Tiger Woods, estão também muito bem colocados, tal como o inglês Ian Poulter e o espanhol Jon Rahm, juntos no 10.º posto, a apenas duas pancadas dos cinco líderes.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.