A seleção portuguesa de futsal voltou hoje a treinar com vista aos jogos de preparação de quarta e sexta-feira com o Brasil, que o selecionador, Jorge Braz, definiu como “importantes e aliciantes”.

Para o técnico, a seleção campeã da Europa terá pela frente “dois jogos extremamente competitivos” e relevantes no contexto de “ciclo de preparação do Mundial”.

Do outro lado estará “uma equipa que é das melhores do mundo”, no qual Portugal quer vencer pela primeira vez, depois de 20 jogos em que conseguiram apenas quatro empates.

“Tudo iremos fazer para sair vitoriosos. É importante competir e vamos fazer dois bons jogos, mas queremos também conseguir ter esse registo diferente do que tem sido a história, para pensar no presente e no futuro”, considerou o técnico.

Por seu lado, João Matos prevê um jogo entre “duas grandes seleções” no qual Portugal quer dar “continuidade ao momento e preparação” que atravessa, num “duelo com uma seleção que já foi campeã do mundo, com muitos jogadores de qualidade”.

Os dois conjuntos vão defrontar-se pela 21.ª e 22.ª vez, depois de 20 jogos que nunca ‘sorriram’ a Portugal, ainda à procura do primeiro triunfo sobre os ‘canarinhos’, após 16 triunfos brasileiros e quatro empates.

Campeões europeus e pentacampeões mundiais não medem forças desde 2015, numa derrota da equipa das ‘quinas’ por 2-1 na Arena Castelão, e esse tinha já sido o primeiro jogo desde 2012, então no Mundial da Tailândia (derrota por 3-1).

Os jogos frente à seleção 'canarinha' serão disputados em Lisboa e estão agendados para quarta-feira, pelas 21:55, no Pavilhão João Rocha, e sexta-feira, pelas 19:00, no Pavilhão da Luz.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.