Um episódio insólito aconteceu esta quarta-feira no futsal português. Paulinho Meireles foi anunciado, no decorrer do dia de hoje, como reforço de dois clubes no espaço de mais ou menos uma hora.

Primeiro, o Futsal Azeméis anunciou a contratação de Paulinho ao final desta manhã, mas, minutos depois, o Modicus, clube de origem do jogador, deu-o como reforço para a próxima temporada, na sequência de uma renovação de contrato.

A par de Paulinho, o Modicus anunciou também a renovação de Bruninho, o que criou alguma dúvida quanto ao futuro do internacional sub-21 português.

Ao início desta tarde, o jogador de 21 anos, que representava o Modicus desde 2013, acabou com as dúvidas através das redes sociais, garantindo que vai "ser jogador do Futsal Azeméis".

O atleta entendeu que era um jogador livre e transmitiu isso ao Futsal Azeméis. No entanto, este não é o entendimento de António Quelhas, presidente do Modicus.

"O Paulinho tem compromisso com o Modicus para a próxima época. Isso ficou esclarecidíssimo numa reunião entre clube e jogador", garantiu o dirigente do clube gaiense, em declarações ao jornal 'O Jogo'.

O responsável pelo Modicus sublinhou ainda que Paulinho sabe disso e, portanto, não culpa o Futsal Azeméis. "Provavelmente o Azeméis foi induzido em erro pelo jogador", atirou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.