Os treinadores de Benfica e Sporting mostraram-se na quarta-feira mentalizados dos obstáculos que vão encontrar no dérbi lisboeta de hoje dos quartos de final da Taça de Portugal de futsal, em Matosinhos.

“É o jogo que todos querem ver, independentemente do país e das cores. Para nós, é um privilégio incrível sermos um interveniente direto neste que é dos melhores - se não o melhor - jogo de futsal do mundo. Temos uma dose de otimismo, mas também de consciência e noção da dificuldade”, projetou Joel Rocha, técnico das ‘águias’.

Pelo mesmo diapasão alinhou o pivot internacional brasileiro Fernandinho, ao assegurar que os campeões nacionais estão preparados para subir à quadra “com a mentalidade certa” e refletir o “trabalho duro” desenvolvido durante a semana.

“Podemos esperar um grande dérbi. Sabemos da força da equipa adversária, mas trabalhámos tudo aquilo que o ‘mister’ pediu e sentimo-nos bem. Qualquer jogo é uma final e estamos com a mentalidade certa para darmos tudo para vencer”, sustentou.

Recordistas da Taça de Portugal, com sete troféus cada, o Benfica procura recuperar uma prova que lhe fugiu nas últimas duas temporadas, ao passo que o Sporting quer inscrever um ciclo inédito de três conquistas consecutivas no historial da prova ‘rainha’.

“Será um jogo difícil, a eliminar, frente a um rival exigente. Há uma equipa que vai passar para as meias-finais e temos de estar focados nas nossas tarefas dentro de campo. Se formos à final, serão três jogos em quatro dias, mas estes atletas são profissionais e estão mais do que habituados a estas dificuldades”, admitiu Nuno Dias, treinador dos ‘leões’.

Comparando o dérbi lisboeta a uma “final antecipada”, o pivot internacional cazaque Taynan da Silva reconheceu que os campeões europeus prepararam o desafio a pensar em soluções alternativas para surpreender um rival bem conhecido.

“Estamos muito focados, já trabalhámos tudo e estamos a acertar os últimos detalhes. As duas equipas estão sempre a mudar as bolas paradas e a introduzir estratégias novas. Tem de ser assim para manter a imprevisibilidade”, apontou.

Nos quatro dérbis disputados esta época, os ‘encarnados’ conquistaram a Taça da Liga em janeiro (5-4) e os ‘leões’ arrecadaram a Supertaça em agosto (6-2), tendo vencido o último duelo para o campeonato em fevereiro (2-0), que ofereceu a liderança isolada.

Benfica e Sporting defrontam-se hoje, às 21:30, na última partida dos quartos de final da Taça de Portugal de futsal, competição que decorre à porta fechada até domingo no Centro de Congressos e Desportos de Matosinhos.

A Federação Portuguesa de Futebol determinou na terça-feira o encerramento ao público das competições nacionais de futsal e a suspensão de todas as provas das camadas jovens entre 14 e 28 de março, em resposta à doença Covid-19, declarada na quarta-feira como pandemia pela Organização Mundial de Saúde.

Detetado em dezembro na cidade chinesa de Wuhan, o coronavírus pode causar problemas respiratórios e pneumonia e já provocou mais de 4.500 mortos e 124 mil infeções em 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 59 casos confirmados.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.