A formação “encarnada”, que já tinha sido campeã em 2002/2003, 2004/2005 e nas duas últimas temporadas, venceu a final por 3-2, no que foi a primeira vez que o “duelo” do título foi disputado à melhor de cinco encontros.

Liderado pelo “génio” de Ricardinho, o Benfica, que igualou o “tri” do Sporting (1992/93 a 94/95), venceu primeiro jogo por 6-2, mas, novamente na Luz, caiu no segundo por 3-2, perdendo o “factor casa”.

Já no Restelo, no terceiro jogo, o Belenenses ganhou por 3-2 e ficou a um triunfo do título, mas, apesar de ter estado a vencer por 3-0, perdeu o quarto por 6-3, o que levou a final para a “negra”.

Apesar de ter somado o quinto ceptro, o Benfica, liderado pelo estreante técnico André Lima, continua no segundo lugar do “ranking”, atrás do Sporting (oito títulos), que venceu a primeira prova da temporada, a Supertaça (5-3 aos “encarnados”).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.