O português Rui Costa (UAE Emirates) foi hoje sétimo classificado no Grande Prémio de Montreal, que foi vencido pelo campeão olímpico, o belga Greg van Avermaet (CCC).

Avermaet, de 34 anos, conseguiu a terceira vitória esta temporada e a segunda neste Grande Prémio, depois do êxito em 2016, ao completar os 219,6 quilómetros em 6:09.38 horas, batendo a concorrência num ‘sprint’ reduzido a 14 ciclistas.

O italiano Diego Ulissi (UAE Emirates) foi segundo, com o espanhol Ivan García Cortina (Bahrain Mérida) a completar o pódio da 10.ª edição da segunda clássica em solo canadiano, após o Quebec, num dia de resultados atípicos para Peter Sagan (BORA-hansgrohe), 18.º, e para o francês Julian Alaphilippe (Deceuninck-Quick Step), 13.º.

Rui Costa obteve o sétimo ‘top-10’ em Montreal, numa clássica do escalão WorldTour que venceu em 2011, e um dos melhores resultados da temporada, a par do segundo lugar na Volta à Romandia e do 10.º posto no Tirreno Adriático.

Rui Oliveira (UAE Emirates) foi 79.º, a 5.49 minutos do vencedor, enquanto José Gonçalves (Katusha Alpecin) abandonou a prova, não conseguindo terminar as 17 voltas ao circuito.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.