O ciclista francês Thibaut Pinot foi internado num hospital para observação e foi forçado a abandonar a Volta a Itália, informou hoje o diretor desportivo da Groupama-FDJ, em declarações à AFP.

"Ele sofre de desidratação e de febre, mas está bem", disse Martial Gayant

Antes da 20.ª e penúltima etapa do Giro, Pinot era terceiro classificado, mas acabou por ceder a cerca de 40 quilómetros da meta e perder mais de 45 minutos para o vencedor da tirada, o espanhol Mikel Nieve (Mitchelton-Scott).

"Ele estava no fim das suas forças, passou os seus limites. Não se via nas imagens, mas ele estava exausto. Quando ele chegou ao ´hotel, assustámo-nos e chamámos uma ambulância", referiu Gayant.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.