A União Ciclista Internacional (UCI) divulgou hoje medidas que visam "garantir a máxima proteção da saúde de todos os envolvidos em eventos de ciclismo, bem como a equidade desportiva entre os participantes" em tempos de Covid-19.

No que diz respeito ao procedimento de qualificação para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio2020, a UCI vai "pedir, respetivamente, ao Comité Olímpico Internacional (COI) e ao Comité Paralímpico Internacional (IPC) que o período de qualificação seja interrompido retroativamente a partir de 03 de março de 2020.

"Com essa forte decisão, a UCI garante a equidade desportiva quando se trata da concessão de cotas olímpicas", lembra a instituição.

O apuramento já está concluído para as provas de estrada, pista e para-ciclismo, mas ainda está em curso para o BTT, BMX Racing, BMX Freestyle e para-ciclismo de estrada.

Em consonância, decretou a suspensão de todas as classificações para todos os eventos do seu calendário internacional, em todas as disciplinas, de 15 de março e até novo aviso, mas pelo menos até 03 de abril de 2020.

"Ao congelar os pontos durante o período indicado, a UCI preserva a equidade desportiva para os atletas", esclarece.

Para garantir a segurança dos ciclistas, "missão prioritária para a UCI", esta solicita aos diferentes organizadores que cancelem qualquer evento de ciclismo do calendário internacional do organismo em "territórios identificados como sendo de risco".

A UCI tomou todas estas decisões "com base na avaliação feita pela Organização Mundial da Saúde (OMS) da situação atual relacionada à epidemia Covid-19 e pelas medidas restritivas adotadas por vários países da Europa que proíbem, em particular, reuniões e movimentação de pessoas".

O novo coronavírus responsável pela pandemia de Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 5.700 mortos em todo o mundo.

O número de infetados ultrapassou as 154 mil pessoas, com casos registados em 139 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 245 casos confirmados.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.