O diretor-geral da Volta a Espanha em bicicleta, Javier Guillén, afirmou hoje que não prevê mais alterações nas etapas da prova, depois de terem sido canceladas as passagens por Portugal devido à pandemia da covid-19.

“Já tínhamos dito, depois de conhecermos as datas da prova, que os traçados podiam mudar. Estávamos a referir-nos à etapa do Porto e chegámos a acordo que a corrida este ano não vai passar por aquela cidade maravilhosa”, afirmou.

As etapas da Volta a Espanha em bicicleta que iam passar por Portugal foram canceladas, anunciaram hoje as autarquias, explicando que a decisão se deve à “imprevisibilidade da pandemia” da covid-19 e às alterações impostas pelo calendário.

Assim, não se realizará em Portugal a etapa cuja chegada estava prevista para o Porto e Matosinhos, nem a etapa que se iria iniciar em Viseu.

Javier Guillén explicou que já existem locais escolhidos para substituir estas etapas, mas referiu que só serão comunicados depois de todos os traçados estarem elaborados pela organização.

“O Porto expressou algumas dúvidas sobre a covid-19 e não puderam confirmar a sua disponibilidade. Então chegámos a um acordo que, se não fosse este ano, nos reuniríamos para os próximos, e não apenas com o Porto, mas com as outras cidades portuguesas”, disse Javier Guillén.

O diretor da Vuelta salientou que “uma vez feita a apresentação das novas etapas, não são esperadas mais mudanças nas dezoito etapas que compõem” a edição deste ano da Volta a Espanha.

A etapa com chegada ao Porto, tinha o seu início em Mós, na Galiza, enquanto a etapa seguinte partia de Viseu para Ciudad Rodrigo, em Salamanca.

Fica assim adiado o regresso da Vuelta a território português, depois de ter começado em Lisboa em 1997, com uma ligação ao Autódromo do Estoril. Seguiu-se a ligação de Évora a Vilamoura, com a despedida de Portugal a acontecer na terceira etapa, que começou em Loulé e terminou em Huelva, já em Espanha.

A edição de 2020 da Volta a Espanha já tinha sido encurtada para 18 etapas, depois de ter sido cancelada a partida dos Países Baixos, devido à pandemia de covid-19, bem como outras duas etapas, em Utrecht e Brabante do Norte.

O evento de 18 etapas estava previsto para decorrer de 14 de agosto a 6 de setembro, contudo, devido à pandemia, foi alterado, como todo o calendário internacional, disputando-se agora entre 20 de outubro a 08 de novembro, com partida do País Basco.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.