O alemão Marcel Kittel rescindiu contrato com a Katusha-Alpecin, a pedido do ‘sprinter’ e por mútuo acordo, anunciou hoje a equipa profissional de ciclismo.

“A meu pedido, a equipa Katusha Alpecin e eu decidimos em conjunto terminar mais cedo o meu contrato”, lê-se no comunicado da equipa comandada pelo português José Azevedo.

O alemão, de 30 anos, vencedor de 14 etapas da Volta a França, anunciou a interrupção na carreira, numa temporada em que venceu apenas o Troféu de Palma, em 03 de fevereiro.

“Nos últimos dois meses, tenho-me sentido exausto. Neste momento, não estou capaz de treinar e correr ao melhor nível. Por esta razão, decidi fazer uma pausa e tirar um tempo para mim, pensar nos meus objetivos e planos para o futuro (...). Este é o maior desafio da minha carreira e eu vou enfrentá-lo”, referiu Kittel, que soma 91 triunfos na carreira.

No mesmo comunicado, o diretor-geral da Katusha-Alpecin lamentou a saída do corredor, a quem desejou as maiores felicidades.

“É com tristeza que concordámos com o pedido do Marcel para deixar a equipa e as corridas. Percebemos a situação e apoiamo-lo totalmente neste momento difícil. Todos os elementos da equipa vão continuar a apoiá-lo no futuro, com a esperança de que volte a competir, como campeão que é”, rematou José Azevedo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.