A França, co-organizadora do Euro2021 de basquetebol feminino, desistiu de sediar os jogos das meias-finais e da final da competição, cedendo-os à Espanha, o outro país anfitrião, anunciou hoje a Federação Francesa (FFBB), em comunicado.

O Euro2021 decorrerá entre 17 e 27 de junho em Espanha e França, com esta a receber, numa cidade ainda por determinar, dois grupos de quatro equipas e dois jogos dos quartos de final.

Em Espanha, a cidade anfitriã será Valência, que acolherá os outros dois grupos, além de dois jogos dos quartos de final, a meias-finais e a final, depois da cedência da Federação francesa.

Inicialmente, a França deveria sediar os jogos da fase de grupos e da última fase, sendo a cidade de Lyon apontada para acolher a fase de grupos e os dois jogos dos quartos de final, e Paris-Bercy a última fase.

O presidente da FFBB, Jean-Pierre Siutat, mostrou-se encantado por ter conseguido manter os jogos da fase de grupos e dos quartos de final em território francês.

"No entanto, não nos era mais possível sediar a última fase do Euro 2021 como inicialmente planeámos. A situação sanitária, o adiamento das eleições municipais e de outros grandes eventos não nos permitem organizar a última fase da competição nas melhores condições", lamentou Jean-Pierre Siutat.

Apesar do adiamento por um ano dos Jogos Olímpicos de Tóquio2020 para 2021, que decorrerão entre 23 de julho e 08 de agosto, devido à pandemia da COVID-19, a Federação Internacional (FIBA) manteve o Europeu feminino de basquetebol em 2021, competição continental que servirá como ensaio geral e rampa de lançamento para os Jogos.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 282 mil mortos e infetou mais de 4,1 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de 1,3 milhões de doentes foram considerados curados.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.