O treinador Carlos Lisboa considerou esta quarta-feira, em declarações à BenficaTV, que o Benfica foi a melhor equipa do “play-off”, que deu o 23.ºtítulo de campeão nacional aos “encarnados” depois de uma vitória por 56-53 frente ao FC Porto.

«Fomos a melhor equipa do play-off, defendemos bem. Destaco os nossos grandes jogadores que defendem a camisola com mística, com querer e com garra. Foi uma vitória ‘à Benfica’», disse o técnico, assegurando que o campeonato foi obtido com «inteiro mérito».

Carlos Lisboa, que não compareceu na conferência de imprensa posterior ao jogo, fez ainda questão de dedicar o título ao capitão, Sérgio Ramos, bem como ao presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira: «A vitória é dele também, porque deu-nos todas as condições».

O Benfica sagrou-se campeão nacional de basquetebol, ao bater o FC Porto por 56-53, no pavilhão Dragão Caixa, no Porto, no quinto e último jogo da final dos "play-offs" da Liga.

No fim do jogo, na sequência de distúrbios, a polícia carregou sobre vários adeptos e a cerimónia de consagração não se realizou, como previsto, dentro do pavilhão e o Benfica saiu de campo sob proteção policial.

Em comunicado, o FC Porto acusou a polícia de "agressão gratuita" a espetadores e culpou o treinador "encarnado" pelo "clima de tensão" vivido no pavilhão, dizendo que Carlos Lisboa festejou insultando os adeptos.

A conferência de imprensa marcada para depois do jogo não se realizou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.