A Tunísia, orientada pelo treinador português Mário Palma, falhou hoje o apuramento para a segunda fase do 18.º Mundial de basquetebol, na China, ao perder com Porto Rico por 67-64, na terceira jornada do Grupo C.

Num embate que colocava o vencedor nos 16 melhores da competição, decidiu um ‘triplo’ de Gary Browne (nove pontos e oito assistências), a cinco segundos do fim.

Renaldo Balkman, com 14 pontos e nove ressaltos, foi também determinante no conjunto de Porto Rico, enquanto Omar Abada e Salah Mejri, ambos com 14 pontos, lideraram a Tunísia, que vai disputar um lugar entre o 17.º e o 32.º.

Por seu lado, Porto Rico junta-se nos apurados a Polónia, Argentina, Rússia, Espanha, Sérvia, Itália, Estados Unidos, Brasil, França, República Dominicana, Lituânia e Austrália.

Ainda hoje, será conhecido o 14.º qualificado, que sairá do embate entre a anfitriã China e a Venezuela, do Grupo A.

Na quinta-feira, serão ocupadas as últimas duas, que sairão dos embates entre Turquia e República Checa, do Grupo E, e Grécia e Nova Zelândia, no Grupo F.

Nos outros jogos já hoje realizados, Angola somou o primeiro triunfo, ao bater as Filipinas por 84-81, após prolongamento, com 20 pontos e sete ressaltos de Valdelicio Joaquim, num embate do Grupo D entre duas seleções já ‘eliminadas’.

No Grupo B, em mais um encontro entre dois conjuntos já afastados da segunda fase, a Nigéria logrou também a primeira vitória, ao ganhar à Coreia do Sul por claros 108-66, com 17 pontos e nove ressaltos de Michael Eric.

Por seu lado, a Polónia fechou o Grupo A com três triunfos em três jogos, ao bater a Costa do Marfim por 80-63, com 16 pontos e seis assistências de Adam Waczynski.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.