O fundista internacional cabo-verdiano Samuel Freire não terminou a final da prova dos 10 mil metros da 12ª edição dos Jogos Africanos realizados na tarde de terça-feira em Rabat (Marrocos), e que ditou a vitória do etíope Tsegu Berehanu Wendemu.

Segundo a organização da prova, Samuel Freire ficou pelo caminho, assim como um concorrente da Serra Leoa e dois corredores quenianos, sendo que no universo de 21 inscritos, dois fundistas, designadamente um de Djibuti e outro da Serra Leoa, nem sequer iniciaram a competição.

Do total dos 19 atletas que principiaram a prova, apenas 15 cortaram a meta.

O etíope Tsegu Berehanu Wendemu (medalha de ouro), com o tempo de 27:56:81, partilhou o pódio com Teklu SAron da Eritreia, medalha de prata com o tempo de 27:56:59, ao passo que Mekonnem Jemale Yimer, também da Etiópia, ficou com a medalha de bronze, ao cortar a meta no terceiro posto com a marca de 27:59.02 minutos.

O atletismo cabo-verdiano volta a estar em ação esta quarta-feira, já que o atleta Jordin Andrade vai competir nos 400 metros barreiras.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.