O fundista internacional cabo-verdiano, Adilson Spencer, qualificou-se em 7º lugar na prova de maratona internacional realizada este domingo, 28, na cidade italiana de Lucca.

Adilson Spencer que participa pela primeira vez numa prova oficial de maratona, cumpriu a distância de 42 quilómetros com o tempo de 2h 32 minutos e 37 segundos, mais 9 minutos e 20 segundos do que o vencedor da prova, o marroquino Abdehadi Tyar que fez o tempo de 2h 23 minutos e 17 segundos.

Em declarações hoje à Inforpress por telefone a partir de Itália, o treinador do atleta cabo-verdiano, Piergiorgio Scaramelli (italiano residente em Cabo Verde) disse que Adilson Spencer esteve muito próximo dos primeiros lugares até os 28 quilómetros da meta, momento a partir do qual «apanhou muito vento frio que teve influência na prestação final do atleta».

«Chegar à meta entre os primeiros 10 do pelotão num contingente de 1150 atletas inscritos, é uma honra e isso deixa-nos cada vez mais eufóricos e a acreditar que o primeiro lugar está cada vez mais perto de realidade», disse Piergiorgio Scaramelli, acrescentando que um dos maiores adversários que o atleta teve pela frente nesta prova foi o frio, e por vezes, algum vento.

De acordo com o técnico, houve momentos em que a temperatura esteve abaixo dos 10 graus, o que, aliado a agum vento, acabou por penalizar o maratonista cabo-verdiano

«Mesmo assim estamos todos de parabéns e devemos sentirmo-nos orgulhosos dele e apoiá-lo, porque está a colocar Cabo Verde em palcos importantes», enfatizou Scaramelli.

Adilson Spencer, natural da ilha da Boa Vista, é tido como sendo um “crónico” vencedor das provas nacionais na especialidade dos 10 mil metros e 5 mil metros.

Entretanto, ultimamente tem procurado experências em outras disciplinas de fundo com destaque para a “Ultramaratona da Boa Vista”, uma prova de iniciativa turística na distância de 150 Km “non stop” onde participou já por duas vezes.

Este ano, no mês de maio, qualificou-se em 5ºlugar na Maratona de “Del Passatore”, em Itália, também numa prova de cariz turístico, estando convidado pelo Comité Olímpico Caboverdeano a participar no próximo mês de dezembro, na Maratona Internacional de Macau, uma prova que tem sido a montra dos melhores maratonistas do mundo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.