O Sporting lidera hoje a classificação feminina no final da primeira jornada da Taça dos Clubes Campeões Europeus de pista, com o Benfica, sem Pichardo, a ocupar o terceiro lugar nos masculinos.

Em Castellón, Espanha, a equipa do Sporting somou cinco triunfos no final da primeira jornada, uma prestação superior à conseguida no ano passado, em que conseguiu o bicampeonato, quando a equipa da estafeta de 4x100 metros até acabou desclassificada.

As ‘leoas’ seguem na frente com mais um ponto do que as turcas do Enka e já mais 18 do que as checas do USK Praga.

Cátia Azevedo conseguiu o triunfo nos 400 metros, com uma marca de 52,44 segundos, a sua melhor marca da temporada, que é também mínimo para os Mundiais de Doha.

Perto desse objetivo ficou Irina Rodrigues, que também venceu o disco, com a melhor marca portuguesa do ano (60,81), a 39 centímetros da qualificação para Doha, enquanto Evelise Veiga triunfou no salto em comprimento, com 6,58 metros, a melhor marca do ano em Portugal, ficando a três centímetros do seu recorde pessoal e a 14 da qualificação para os Mundiais.

A quarta vitória foi conseguida por Noelie Yarigo, do Benim, que se impôs claramente nos 800 metros, com 2.04,61 minutos.

Finalmente, o quinto triunfo do dia em 11 provas, foi conseguido pela jovem queniana Fancy Cherono, de 17 anos, que venceu os 3.000 metros obstáculos em 9.39,30 minutos.

Perto dos triunfos estiveram Sara Moreira, segunda nos 3000 metros, com 9.11,24 minutos, Marta Onofre, que também foi segunda na vara (4,10 metros), e a jovem júnior Cláudia Ferreira, que lançou o dardo a 50,95 metros, ficando também no segundo posto.

Em masculinos, o Benfica não arriscou colocar Pedro Pichardo no triplo salto, por a organização não ter considerado que o cubano já tinha a nacionalidade portuguesa, optando por Júlio Almeida.

O júnior até esteve bem, com 15,04 metros, ficando a um centímetro dos mínimos para os Europeus da categoria, mas a substituição significou a perda de seis pontos para o clube (de primeiro no ano passado, para sétimo em 2019), diferença que separa os encarnados (terceiros), dos líderes, os espanhóis do Playas de Castellón, que competem em casa, enquanto os turcos do Fenerbahçe estão em segundo, com mais um ponto do que o Benfica.

O Benfica conseguiu duas vitórias individuais na primeira jornada, pelo finalista do lançamento do peso nos Europeus de pista coberta, Francisco Belo, a quem ‘bastou’ lançar 19,73 metros, e pelo jovem queniano Edward Pingua Zackayo, de 17 anos e campeão júnior africano em 2019, que correu os 5.000 metros em 13.53,01 minutos.

O campeão europeu dos 1500 metros, o polaco Marcin Lewandowski perdeu apenas Masilo Boitumelo nos 800 metros, e o quarteto da estafeta de 4x100 metros terminou em segundo lugar, atrás da formação do Roterdão, da Holanda.

Apenas um atleta ficou nos três primeiros lugares, Paulo Conceição, no salto em altura.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.