A equipa feminina do Sporting, campeã nas duas últimas edições, e a masculina do Benfica, vice-campeão em 2018, são os representantes portugueses na final da Taça do Clubes Campeões Europeus de pista, em atletismo, no fim de semana.

As ‘leoas’, que venceram a competição em 2016 e 2018 (em 2017 a prova, prevista para a Turquia, não se realizou, devido à insegurança na região), aprestam-se para lutar por um inédito ‘tri’, numa competição em que voltam a defrontar as formações do Enka, da Turquia, que ficou a dois pontos do Sporting no ano passado, e o Valencia que foi terceiro, a escassos seis.

As três equipas voltam a assumir o favoritismo, com as portuguesas a apresentarem as suas estrelas: a velocista Lorene Bazolo (que fará todas as provas de velocidade), a recordista nacional dos 400 metros Cátia Azevedo, a jovem (17 anos) queniana Fancy Cherono, que correrá os 3000 obstáculos, as meio-fundistas Sara Moreira e Jessica Augusto, nas provas de 3.000 e 5.000 metros, a saltadora Patrícia Mamona (triplo) e ainda a lançadora Irina Rodrigues (disco).

Mas, o Enka, da Turquia, apresentará também fortes trunfos, como a búlgara Ivet Lalova-Collio, que recentemente correu os 200 metros em 22,55 segundos, a polaca Malgorzata Holub-Kowalik, a vencedora dos 400 metros no ano passado, e a meio-fundista Yasemin Can.

Já as espanholas, contarão com Marta Perez (1.500 metros), a polaca Aleksandra Gaworska (400 barreiras), Fatima Diame (triplo) e a lançadora Berta Castels (martelo).

Ainda estarão em competição as equipas USK Praga (República Checa), JKU (Finlândia), Sparta AM (Dinamarca), Thames Valley Harriers (Grã-Bretanha) e Atletica Studentesca (Itália).

Quanto à equipa masculina do Benfica, que no ano passado ficou a escassos 4,5 pontos do título europeu, que os turcos do Enka conquistaram, será momento parra tentar aproveitar nova janela de oportunidade para um triunfo inédito.

A equipa portuguesa apresentará o recente campeão europeu de 1.500 metros, o polaco Marcin Lewandowski na prova de 800 metros, e o júnior queniano Edward Pingua Zackayo (vencedor da Taça em corta-mato) nos 3.000 metros, juntando-se aos credenciados Pedro Pichardo (triplo), Tsanko Arnaudov (peso), Francisco Belo (disco) e Diogo Ferreira (vara), que disputam os triunfos nas suas provas.

Ausente o Enka, a representação turca pertence ao Fenerbahçe, que tem como líder o velocista Ramil Guliyev, contando ainda com o queniano Ferguson Chruiyot Rotich (3.000 metros), e assume-se como candidato ao título, assim como os espanhóis do Playas de Castellón, terceiros no ano passado.

Ainda estarão em competição as formações do Birchfield Harriers (Grã-Bretanha), VSK Univerzita Brno (República Checa), Sparta AM (Dinamarca), Cosma (Lituânia) e Roterdão Atletiek (Holanda).

As provas desenrolam-se em duas jornadas, que decorrem nas tardes de sábado (25) e domingo (26).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.