A província de Benguela tem já assegurada a participação de seis fundistas masculinos na 63ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre 2018, que percorre, segunda-feira, 31 de Dezembro, as principais artérias de Luanda.

Os seis fundistas, apurados numa prova de 10 quilómetros, em Benguela, denominada Pré São Silvestre, são: Manuel Dumbo, com o tempo de 31 minutos e 16 segundos, Fernando Tchioco, 31.16, Elias João, 32.40, Avelino Kayonga, 32.44, Joaquim António, 33.52, e António Domingos, 34.47.

Em declarações à Angop, o vice-presidente para a área Técnica da Associação Provincial de Atletismo de Benguela, Sebastião António, reconheceu que as marcas dos fundistas melhoraram ligeiramente este ano e, por isso, as expectativas são boas, apesar da performance dos atletas estrangeiros.

Sebastião António não tem dúvidas de que não será tarefa fácil para os angolanos, dado o tempo de 28 minutos atingido pelos atletas estrangeiros, mas acredita na força de vontade dos anfitriões em representar condignamente o país.

Relativamente aos objetivos de Benguela na tradicional corrida de São Silvestre, o responsável apontou o alcance dos lugares cimeiros entre os fundistas nacionais, já que os etíopes e quenianos podem fazer 28 minutos.

As provas de apuramento para São Silvestre 2018 em Benguela envolveram mais de 70 atletas apenas em masculinos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.