O piloto português Miguel Oliveira (KTM) disse hoje ambicionar "lutar pelos lugares da frente" no Grande Prémio da Áustria de MotoGP, quarta prova do Mundial.

Em declarações difundidas pela equipa Tech3, pela qual alinha o piloto de Almada, Oliveira disse estar "bastante entusiasmado" por ir para a Áustria, que é "uma corrida caseira", por representar uma marca austríaca (KTM) patrocinada por uma empresa austríaca (Red Bull).

Por isso, e depois de ter alcançado o melhor resultado de sempre na categoria ‘rainha’, com o sexto lugar, em Brno, na República Checa, o piloto português admitiu que "haverá uma motivação extra".

"No ano passado foi uma das minhas melhores corridas. Por isso, este ano espera melhorar o resultado que conseguimos na semana passada e lutar pelas primeiras posições", sublinhou Miguel Oliveira, que foi oitavo em 2019 no circuito austríaco.

Após três corridas, o piloto da KTM é o 12.º do campeonato, com 18 pontos.

O francês Fabio Quartararo (Yamaha) lidera a competição, com 59 pontos, mais 17 do que o espanhol Maverick Viñales (Yamaha).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.