O treinador francês Thierry Anti deixou o comando técnico da equipa de andebol do Sporting ao fim de oito meses, alegando “questões do foro familiar”, anunciou hoje o clube no seu sítio na Internet.

“As pessoas são extraordinárias, foi uma bela experiência, mas optei por voltar a casa, para junto da minha família. Foi um prazer treinar os jogadores do Sporting”, refere Thierry Anti, de 61 anos, numa nota de despedida.

A saída de Thierry Anti, precipitada pelo encerramento prematuro do campeonato, devido à pandemia de covid-19, já tinha sido abordada em fevereiro, mas o francês assegurou, na altura, que iria cumprir o contrato com os ‘leões’ até junho de 2021.

Em 06 de fevereiro, poucas horas depois do clube francês Aix-en-Provence ter anunciado a contratação de Anti para assumir a equipa em 01 de julho de 2021, os ‘leões’ reagiram e deram conta que o treinador iria cumprir o contrato até ao fim.

Na hora da despedida de Alvalade, o francês Thierry Anti endereçou ainda uma palavra de agradecimento aos adeptos leoninos, que rotulou de “fantásticos”, e afirmando-se sportinguista, prometeu voltar mais vezes à casa dos ‘leões’.

“O Sporting deseja as maiores felicidades pessoais e profissionais a Thierry Anti e agradece todo o profissionalismo e empenho que sempre demonstrou ao serviço do clube”, refere o comunicado leonino.

Anti chegou ao Sporting esta temporada, proveniente dos franceses do Nantes, para abraçar um projeto de duas épocas, mas o treinador, desde o momento da assinatura, nunca escondeu que desejava voltar a França no espaço de dois anos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.