António Areia, internacional português, analisou o encontro frente à Eslovénia a contar para o Europeu de andebol.

Autor de três golos, o jogador das quinas lamentou a derrota (29-24) que pôs fim ao sonho de Portugal em poder alcançar as meias finais da prova.

"Se calhar ainda somos um bocado pequenos no mundo do andebol, mas vamos olhar já para o jogo com a Hungria. É preciso levantar a cabeça, jogar contra a Hungria e fazer a melhor classificação possível".

Areia reconheceu os inúmeros erros técnicos da equipa das quinas na partida frente à Eslovénia.

"É muito raro perdermos bolas com tanta facilidade e fazer passes errados. É muito estranho na nossa equipa, mas aconteceu. Temos de estar preparados para isso para dar a volta à situação. Hoje não conseguimos e estamos desapontados".

Fim de um sonho chamado meias-finais

"Esta derrota é um castigo pesado para o que fizemos até hoje, até porque temos a noção que podíamos ter feito algo muito diferente. No que depender de nós, vamos tentar fazer o melhor resultado possível".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.