O internacional dinamarquês René Toft Hansen deixou o plantel de andebol do Benfica para regressar ao seu país e ingressar no Bjerringbro-Silkeborg, anunciou hoje o clube ‘encarnado’ na sua página na Internet.

Na nota publicada no seu sítio, o Benfica agradece ao pivot René Toft Hansen, de 35 anos, “o seu empenho durante a época de 2019/20 e deseja-lhe as maiores felicidades para o seu futuro pessoal e profissional”.

René Toft Hansen, que se sagrou campeão olímpico no Rio2016, chegou ao Benfica no inicio da época, proveniente dos húngaros do Vezprém e até à suspensão das provas de andebol, devido à covid-19, tinha marcado 53 golos em 33 jogos.

A saída de René Toft Hansen já tinha sido adiantada por alguns órgãos de comunicação social dinamarqueses, que davam o pivot como provável reforço do Bjerringbro-Silkeborg, clube que foi adversário dos ‘encarnados’ na Taça EHF.

O Benfica defrontou o Bjerringbro-Silkeborg para o grupo A da Taça EHF, tendo ganho na Dinamarca por 33-24 – na altura da anulação da prova as ‘águias’ lideravam invictas rumo aos quartos de final -, tendo René Toft Hansen marcado um golo.

O anúncio da saída de René Toft Hansen surge um dia após o Benfica ter anunciado que também Nuno Grilo e Fábio Vidrago não irão continuar a representar o clube na próxima temporada.

Nuno Grilo deixa os ‘encarnados’ depois de três épocas consecutivas (nesta segunda passagem pela Luz), em que somou uma Taça de Portugal e uma Supertaça, e Fábio Vidrago após quatro, em que contribuiu para a conquista de uma Taça e duas Supertaças.

O Benfica prossegue assim a “arrumação” do plantel para a época de 2020/21, que tinha registado já as saídas do treinador Carlos Resende, do pivot Ricardo Pesqueira, do central Pedro Seabra, do guarda-redes Miguel Espanha e do lateral espanhol Carlos Molina, que tinha chegado à Luz em 2019.

A época de 2019/20 do andebol, a exemplo do basquetebol, futsal, hóquei em patins e voleibol, foi dada por concluída sem a atribuição de títulos, após a interrupção verificada em março, devido à pandemia de covid-19.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.