O principal guarda-redes da equipa de andebol do FC Porto e da seleção nacional, Alfredo Quiintana, criticou veemente a decisão de não ser atribuído o título de campeão de 2019/20 da modalidade no nosso país. "Queremos comparar Portugal à grande Europa do andebol, onde os clubes foram declarados campeões, mas depois somos pequeninos nas decisões", escreveu o guardião na sua conta oficial no Instagram.

Quintana acrescenta havia todas as condições para que os 'dragões' tivessem sido declarados campeões. "Em Portugal falta coragem para reconhecer mais uma vez o nosso mérito. Valorizam o nosso trabalho na seleção, mas desprezam-no no clube! Fomos a equipa mais regular durante as duas voltas primárias e para nós, Futebol Clube do Porto, somos os vencedores por mérito próprio do campeonato nacional 19/20", sublinha.

O guarda-redes internacional português termina a sua publicação garantindo que os jogadores 'azuis e brancos' vão fazer as prórpias medalhas e festejar com as respetivas famílias. "A federação não atribui campeão, mas atribui a equipa que vai na próxima época à Liga dos Campeões . Ridículo. Resta-nos fazer as nossas próprias medalhas bem como a nossa taça e festejar em família", concluiu.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.